Dourados e Tabaranas no Rio Mogi Guaçu – SP

Dourados e Tabaranas no Rio Mogi Guaçu – SP

Amigos, estou relatando duas empreitadas que fiz no Rio Mogi Guaçu aqui perto de casa, em Setembro e Outubro, antes da pesca fechar.

O rio Mogi Guaçu é um excelente rio para pesca, pois tem pintados, cacharas, dourados, tabaranas, piaparas, pacus, enfim …. Só que infelizmente é muito judiado pela falta da mata ciliar, pelo esgoto de muitas cidades que não os tratam devidamente, pelas dragas que arrancam areia do rio e também pelas redes dos pescadores.

 

Fato curioso foi que, nas duas vezes, a pesca com iscas artificiais foi mais eficiente que pesca com iscas naturais. Enquanto meus amigos rodavam o rio com tuviras, eu ia tacando minhas iscas.

 Primeira tentativa em Setembro.

Achei muito legal o local onde o pessoal dos ranchos cultivava agrião. Flutuando em cima da água.

 Em Setembro o rio já estava muito baixo. Tive que ter muito cuidado com as pedras.

Amigos, percebi uma coisa: Ow peixe que gosta de estruturas este dourado. Se você ver pauleiras, arvores ou galhos caídos, pode jogar a isca ao lado, que ele está ali escondido… rs…

Depois de alguns dourados perdidos perto de alguns tocos, num remanso antes de uma corredeira peguei uma tabarana.

 Soltando a danada

 Segunda tentativa em Outubro.

 Dia 31 de Outubro, ultimo dia permitido para a pesca no Mogi, fomos novamente atrás dos dourados.

Pensem num peixe difícil de fisgar: É o Dourado. Sei lá, parece que as garatéias não entram na boca óssea do bicho. Mas depois de muitos dourados perdidos, inclusive um belo exemplar de quase uns 8 kg que pulou em cima dos galhos, pego meu primeiro dourado na isca artificial no Rio Mogi. Imaginem minha alegria…

Soltando o Dourado

Num determinado momento da pescaria, o Paulinho e o Taturana que estavam comigo no barco quiseram parar o barco num poção em uma curva do rio para tentar pegar um peixe de couro.

Amigos, num determinado momento há uns 100 metros abaixo, vi uma cena que nunca mais irei tirar de minha memória: Um pintado de mais ou menos uns 20 kg caçando na superfície. Confesso a vocês que minhas pernas bambearam… rs… Que cena linda !!!

Depois de um tempo pescando com as iscas vivas, o Paulinho tem um incrível puxão na tuvira. Uma bela briga que cada vez mais o peixe ia para o fundo, mas de repente estoura a linha do Paulinho… Foi uma pena. Mas né, peixe perdido vira boato.

Fotos do poção:

Voltando a rodar com o barco e pinchar com iscas artificiais, capturo mais uma bonita tabarana. Dei muita sorte, pois uma tabarana média pegou, daí escapou, daí uma pequena pegou e escapou também, depois esta grande abocanhou, tudo na sequencia.

Reparem como bicha é bonita

Olhem a importância do pesque e solte. A danada estava grávida, pronta para desovar:

É isso ai pessoal, esta foi a minha saga deste ano de 2010 atrás dos dourados no rio Mogi Guaçu.

Iscas que deram resultado: Inna 70 branca de cabeça e Wave verde limão da Marine Sports

Abração

Wagnão

About these ads
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s